"A sensação é boa, mas a posição é ridícula!"

.

.

.

.

.