"A violência destrói o que ela pretende defender: a dignidade da vida, a liberdade do ser humano." (João Paulo II)

.

.

.

.

.