"A verdade e as rosas tem espinhos." (H. G. Bohn)

.

.

.

.

.